Você já deve ter ouvido que o vício de reclamar atrai coisas ruins, que ninguém gosta de pessoas que vivem reclamando e que essa não é uma atitude valorizada. Até certo ponto todas essas afirmações estão corretas.

Será que há algum valor n o vicio de reclamar ? Claro que devemos estar cientes das consequências de manter contato com pessoas que estão sempre reclamando de forma negativa.

Você sabe que, mesmo sem perceber somos afetados e afetamos através dos nossos contatos e que estes interferem em nossa forma de agir e pensar. Por isso devemos estar bem atento ao nível de influencia da nossa webcontatos.

Será que não estamos usando o vicio de reclamar como uma forma de nos valorizar?

A questão não está no ato de reclamar, mas por aquilo que reclamamos. Antes de tentar encontrar algo de valor no vicio de reclamar, vamos analisar esta palavra um pouco melhor.

No dicionário temos a seguinte definição: “rogar” é pedir, fazer exigências, brigar por algo, protestar. O prefixo “re“, de origem latina, expressa a intenção de repetir, ou seja, a vontade de “ter de novo”.

Vamos usar a ferramenta de busca para clarear o conceito. Invariavelmente, o Google procura trazer o conteúdo relevante, baseado no nosso perfil de busca. Para ele não importa se a sua busca é negativa ou positiva: sempre  trará o que ele entende ser importante. A nossa mente funciona no mesmo conceito de rede, buscando trazer coisas que ela entende que valorizamos.

Alguns especialistas falam que devemos parar de reclamar. Na realidade o problema não está na reclamação mas no motivo pelo qual reclamamos. Imagine que o pneu do carro furou. O que é mais produtivo: clamar por uma ajuda ou esbravejar pela falta de sorte e estradas esburacadas?

Estudos comprovam o quanto a webcontatos pode nos afetar ?

Segundo um estudo da Universidade de Houston, publicado no “Journal of Social and Clinical Psychology”, quando navegamos na rede social temos a tendência de fazer comparações o tempo todo. De repente nos sentimos distantes do mundo maravilha do Facebook que todos procuram vender e nos sentimos mal.

O estudo analisou 154 pessoas com idades entre 18 e 42 anos, que usam a rede social diariamente. Após duas semanas do início da pesquisa, os internautas foram submetidos a um questionário para avaliar sintomas emocionais. Os pesquisadores concluíram que aqueles que utilizaram o Facebook diariamente, muitas vezes, se compararam aos amigos, apresentaram sintomas de depressão como a falta de esperança num futuro melhor e tristeza.

Isso comprova a importância de mantermos o nosso sistema imunológico emocional saudável, mantendo  a higienização mental fortalecida. Algumas pessoas colocam o Facebook como um vilão quando na realidade temos total liberdade de escolher os amigos e as coisas que queremos manter contato.

Assim como lavamos as mãos, quando chegamos da rua, também precisamos criar o hábito de fazer a nossa higiene mental evitando o desgaste de nosso sistema imunológico emocional. Tal qual um vírus de gripe, ficamos mal humorados, irritados e depressivos sem saber o que nos contaminou.

Tenho visto pessoas usando o Facebook para amplificar suas re-clamações, sem contudo, pensar que isso só serve para mostrar o que elas, de fato, estão valorizando. Dessa forma se tornam vítimas da sua própria rede de contatos que chamamos de webcontatos.

Qual a boa notícia?

Assim como reclamar da injustiça e dissabores da vida se torna uma prática viciante em nossa mente, também podemos ativar o radar para buscas assertivas reclamando por experiências positivas. Fatos e situações que consideramos positivas e gostariamos que essas se repetissem. 

Como assim ? Se reclamar é rogar e pedir por algo que você quer que se repita, foque-se no copo meio cheio e não ao contrário.

O que percebo nos meus processos de coaching é que o vício de reclamar  se alimenta do desejo colocar-se como vítima, normalmente usado como uma forma de se valorizar.

Nas próximas 24 horas vou desafiar você a  fazer uma auditoria das suas reclamações de modo que você veja pelo que esta re-clamando, ou seja, que esta pedindo que se repita na sua vida. 

Invista na sua higiene menta

Foque nas reclamações de coisas que você gostou e reclame por mais: como uma sobremesa que você acabou de experimentar e pede mais. Concentre-se em querer mais e mais do que é bom. Não reclame por aquilo que você não tem, mas pelo que tem e gostaria de ter mais.

Invista na sua higiene mental e fortalecimento do seu sistema imunológico lendo e mantendo contato com coisas que vão te enriquecer como pessoas. Esse é o seu investimento mais valioso.

Caso você esteja interessado em fortalecer o seu sistema imunológico emocional, aprimorar o seu processo de seleção, entre em contato para agendarmos uma conversa e para você conhecer um pouco mais sobre o nosso consultório on-line. Agora com uma novidade, o Coaching Oculto. Para você queira se manter no anonimato nós podemos fazer o processo sem você se identificar.   Conheça um pouco mais do nosso projeto www.webcontatos.com.br

Darcio Corrêa Jr – Empreendedor, Escritor, Consultor e Coach de Performance Comportamental e-mail: darcio@webcontatos.com.br

 

[frontpage_news widget=”11159″ name=”Outras sugestões de artigos”]