Conectando ideias que levam para o alto

OFICINA ONLINE

Como ser mais valorizado sem se perder?  É muito triste observar pessoas se sacrificando por pouco, derramando suor e lágrimas pelo que não é valorizável, patinando num lamaçal de indefinições. De nada adianta termos tudo na mão, sem uma ideia clara do que fazer.

 

Podemos sim, nos perder na ânsia de sermos valorizados e reconhecidos. Descobri isso em 2003, num duro episódio da minha vida, que me levou a refletir sobre o que podemos perder tentando se valorizar de forma errada.

Estava num momento próspero da minha carreira envolvido com um grande volume de palestras, treinamentos, entrevistas para TV, revistas e jornais.

De repente, em meio a uma maratona insana de até 10 horas diárias de treinamento na Secretaria do Trabalho do Estado do Paraná na gestão do então governo Jaime Lerner, passei mal. Tive que interromper uma palestra e consequentemente o trabalho para me tratar. Foi um susto que me fez parar para pensar.

Conclui que tinha uma ideia totalmente errada de como ser mais valorizado. Que dinheiro e aplausos de desconhecidos já não eram mais suficientes. Me perdi valorizando o contato com coisas, pessoas e sentimentos que não estavam me elevando.

Transformados pelo que valorizamos

Ciente disso, passei a ser mais seletivo com o que e quem mantinha contato, entendendo o poder de influência que a rede de contatos tem à qual chamo de Webcontatos. Estudos comprovam que somos atraídos pelo que valorizamos e transformados pelo que escolhemos manter contato, pois não há como manter contato com o gelo e não esfriar.

Com essa compreensão, procuro manter contato com todos os que entendem que não há nada melhor que o frescor de uma bela ideia para renovar a existência. Com os que acreditam que novas portas não se abrem para apaixonados por velhas ideias e que a crise é um sinal de envelhecimento delas.

Quem não gostaria de ser o idealizador de uma grande solução e ser reconhecido por isso ?

Embora alguns acreditem em golpe de sorte eu creio em conexão criativa. Recentemente chegou ao Brasil o livro que revela o método que a Google vem usando para criar ideias de valor. Trata-se do “Sprint”, o método que promete desenvolver e validar ideias em apenas cinco dias, escrito pelo designer Jake Knapp, John Zeratsky e Braden Kowitz.

O grande interesse por esse assunto, tem mostrado o quão importante são as novas ideias para as lideranças, principalmente num momento de crise. Isso justifica os investimentos cada vez maiores em ambientes e metodologia que propiciem uma mentalidade idealizadora.

Até algum tempo atrás as pessoas entendiam que fazer exercício era suficiente; hoje já se sabe a importância que os equipamentos de ginástica e os novos métodos têm no preparo físico. O mesmo se aplica ao condicionamento mental e criação de ideias. Sem as ferramentas certas, patinamos.

Projeto Webcontatos 

Quando fundamos em 1994 a Webcontatos, nossa missão era fornecer soluções que fortalecessem os contatos entre empresas, seus colaboradores e clientes. Ficou muito claro que se não tivéssemos uma metodologia para produzir, validar e organizar as ideias seria difícil sobreviver como produtora de ideias.

Entendemos que foi justamente o aprimoramento dessa ferramenta, que podemos chamar de “fábrica de ideias”, que nos ajudou a ter clientes nos pagam mensalmente ao longo dessas mais de duas décadas. Parceiros, que sabem o quanto vale uma mentalidade idealizadora na sua vida profissional e pessoal.

Nos acreditamos que ideias pode revolucionar o mundo e transformar vidas de forma extradicionarias. Credito a essa metodologia  que desenvolvemos o privilegio de termos ao longo desses anos fazer parte de varias historias de sucesso e vermos clientes e parceiras que conquistaram crescimento exponencias. São varias ideias que relato em artigos e livros, como: um sistema de controle de qualidade de atendimento inédito que implantamos numa pequena revenda de carros. Ela se transformou num dos maiores grupos do país com mais de 60 concessionárias. 

Como ser mais valorizado pelas ideias 

Creditamos também a esta metodologia a criação de uma ideia que contribuiu para o incremento de 50% na produtividade de uma grande fábrica de vestuário profissional, um feito que chamou muita atenção na época.

Ela também nos ajudou a idealizar a primeira espera telefônica computadorizada que se mantém líder em termos de inovação até hoje. Essas são apenas algumas das histórias que relato em artigos e livros com o objetivo de mostrar a importância do método para a criação de ideias.  

Como você desenvolve suas ideias ?  Quantas delas são bem sucedidas ?

Infelizmente constato nas nossas pesquisas, que mais de 95% daqueles que entrevistamos não têm um método claro para desenvolver e organizar suas ideias. Um número ainda maior não têm consciência de como suas ideias limitantes interferem na sua performance e quando sabem, não conseguem mudar. Uma triste realidade que precisa ser revertida antes que só reste o arrependimento.

Descobrimos, com base em estudos, que as ideias mais valorizadas têm um modelo padrão que as distingue das demais. São 5 pontos (Conhecimento, Habilidade, Atitude, Validade e Engajamento), que formam o acrônimo C.H.A.V.E. e que abrem a mente para novas possibilidades.  

Inspirado na iniciativa do Google que abriu o seu método de fabricação de ideias, resolvemos também abrir o nosso método C.H.A.V.E. IDEALIZADORA ensinado em nossas oficinas on-line.   

Sem ideias de valor, empobrecemos.

 

Se você sente que está patinando com as suas ideias, se sente frustrado, não consegue apoio e reconhecimento, se sente perdido e não consegue ver resultados, chegou a sua oportunidade de descobrir como ser mais valorizado pelas suas ideias.

Entre em contato conosco e saiba como participar gratuitamente do DESAFIO DOS IDEALIZADORES. Você vai descobrir muito sobre sua mentalidade idealizadora e  entender como as ideias limitantes interferem no seu resultado. Além disso, dependendo do seu desempenho, poderá ser um dos convidados a participar de uma de nossas oficinas on-line de valorização de ideias.

.

 

Pin It on Pinterest

Compartilhe